Guinga

 "Esse ano foi muito bom, espetacular, porque eu trabalhei bastante. Tive sa de pra trabalhar, terminei um disco, fiz um disco novo. Fiz v rios concertos e tive a oportunidade de tocar com orquestras, que foi uma coisa que eu ainda n o tinha feito muito ao longo de minha carreira. Me apresentei com a Jazz Sinf nica, a Orquestra do Rio Grande do Sul, a de S o Paulo, a de Campinas e de Americana, e isso para mim foi muito importante porque n o a toda hora que espa os assim como a Sala S o Paulo se abrem para um compositor popular. Quando eu fiz esse trabalho com a Jazz Sinf nica, me deu um grande prazer. Entre outros trabalhos, tenho participado de alguns concertos com a Banda Mantiqueira, e tocar num palco com forma es grandes, pesadas, um crescimento na carreira do artista. Como m sico, sempre tive vontade de realizar trabalhos assim, e se minha m sica permitiu isso, foi mais um passo frente. Independente disso, compus muito, estou compondo m sicas para o pr ximo disco. Tive a oportunidade de fazer tr s viagens internacionais nesse ano. Fui Cuba, It lia e Argentina, turn s compridas. Cuba foi a menor. Fiquei seis dias, toquei duas vezes no Cuba Disco, um evento muito especial que acontece l . Mas na It lia rodei 2.200 quiil metros e toquei em sete concertos: Mil o, Roma, N pole, na regi o da Toscana, regi o da Lig ria, beira do mar mediterr neo. Lugares lindos. Foi experi ncia art stica e de vida, conhecendo seres humanos. Depois fui Argentina, andei mais de 2.000 quil metros participando de um evento chamado Guitarras Del Mundo, onde tocaram 60 guitarristas diferentes do mundo inteiro, e me senti muito distinguido, pois fui o nico do Brasil que participou esse ano. Mais experi ncia. Aqui no Rio de Janeiro tamb m tive o prazer de tocar na Sala Cec lia Meireles, participando do projeto Panorama do Viol o Internacional. Fiquei muito feliz em tocar l , como fiquei na Sala S o Paulo. a m sica saindo da rua e indo para a sala de concerto. Pra mim isso tudo. muito importante. Para 2002 meus trabalhos j est o sendo agendados. Devo fazer outra viagem Europa e prov vel que volte Cuba. Vou continuar compondo porque sempre estou compondo, pois quando h possibilidade de gravar j tenho um repert rio pronto. Depois da grava o do "Cine Baronesa", que o disco mais recente, j estou com nove m sicas prontas, in ditas, para o pr ximo disco. Espero que Deus me d sa de, minha fam lia e a meus amigos pra que eu possa continuar trabalhando."

www.guinga.com.br