Onde a MPB acontece


: Receba nossa Newsletter : Anuncie Aqui :

P gina Inicial
Capa
Entrevistas
Destaques
Perfil
Selo de Artistas
Edi es Anteriores
Outros Sites
Fale Conosco
Expediente

CDs > Zeca Baleiro

Pet Shop Mundo C o

O cantor das multid es ou de multid es. Zeca Baleiro n o , mas bem que poderia ser. Sua linguagem popular, ele quer assim. Mas sua m sica, ainda, n o chega para tanta gente. O recado f cil est l , em todas as composi es. Mas o que fazer se a estrutura musical e as composi es s o bem elaboradas? Ser que isso assusta? Mesmo assim ele ainda diz: eu despedi o meu patr o ... quando a barra aperta/eu fa o um bico ... em Juazeiro Salgueiro e Petrolina/a noite uma menina ... cato no ch o migalhas do banquete dos que comem ... e por a vai. Mas tudo bem, ele trouxe as multid es para o seu CD. Tem muita gente, a come ar por mais tr s produtores al m dele. Como o pr prio diz: um disco que transita por muitos territ rios sem pertencer a nenhum . Ali s, essa frase est no encarte do CD que traz um release a prova de c pia dos piratas. Ou ser que eles achariam importante tamb m vender a palavra do artista? O CD come a quente, com Minha tribo sou eu, s de Zeca. Um samba-enredo com letra anarquista. Quer mensagem mais popular? Al m dos excelentes m sicos que o acompanham por todo o CD, aqui tamb m tem a participa o especial do grupo vocal de samba As Gatas. Depois vem Eu despedi o meu patr o, de Zeca e Capinan. Isso mesmo, o compositor que fez Ponteio, com Edu Lobo e Soy loco por ti, Am rica, com Gil e Torquato Neto. A parceria entre os dois foi via Fagner. A seguir, a linguagem moderniza de vez. Trata-se de uma m sica mais eletr nica, mas sem afeta o , como tamb m colocou Zeca no release. O hacker, dele s . Malandro que malandro vai pro norte/enquanto os patos v o pro sul . Genial. Tamb m, s de Zeca, vem Telegrama, a quarta faixa. Traz uma sonoridade absolutamente livre. De batida pop a cello, passando por um rg o tocado por Zeca mesmo, totalmente anos 70. Depois vem Mundo dos neg cios, de Zeca, seguida de Guru da galera, de Zeca e Fernando Abreu. Nesta ltima, quase 20 m sicos est o na faixa resultando numa sonoridade incr vel com muitos instrumentos, coro, vocal, sample, cordas, duas guitarras, enfim, um som. E bela can o. Deu certo essa id ia meio hippie de bando. Agora, sim, foi fundo no eletr nico com Drumemb is, dele mesmo. S que ele colocou Elba Ramalho participando e dando lampejos totalmente nordestinos. A participa o especial n o p ra a . O grupo Karnak chega com sua linguagem universal e bem humorada para injetar mais cor nesse quadro. A oitava faixa Um filho e um cachorro, tamb m s de Zeca. Mais uma bel ssima composi o, com um sens vel arranjo de cordas e um piano psicod lico de Arnaldo Baptista, o eterno genial mutante. Agora, n o posso deixar passar a frase: loucura quase santidade , da letra. Segue com a balada surfista anos 60, Fiz esta can o, de Zeca e Mathilda K vak. A d cima can o As meninas dos jardins, que vem com a densidade do rap que . A participa o especial de Fernandinho Beat Box, do Z frica Brasil, que tamb m participa do segundo rap da parada . A m sica Mundo c o, que Zeca fez com S rgio Natureza. Depois o m sico desenterra Filho da v ia, de Luiz Am rico e Braguinha. Sucess o de 1975. Um estouro popular da poca. A seguir Zeca Baleiro veste as roupas do Maranh o em A serpente (outra lenda), dele e dos parceiros poetas maranhenses Ramiro Musotto e Celso Borges. Este ltimo declama um fragmento de A noiva do cometa , de Sous ndrade, no final da can o e tamb m autor de trabalho pr prio. Outro baluarte da terra a declamar na faixa o compositor Antonio Vieira. Zeca encerra o CD com Meu nome Nelson Rodrigues, dele e rico Theobaldo. Uma vinheta de som e texto cru, que, desta forma, homenageia o escritor carioca. Cachorrada n o curtir esse som! Lan amento MZA Music. Site: www.mzamusic.com.br. (S rgio Foga a)











 

Copyright P gina da M sica - Todos os direitos reservados.
Todas as fotos utilizadas neste site s o de divulga o dos pr prios artistas.